A Grande Família Eudista é uma rede de Congregações e grupos de leigos que vivem a herança espiritual de São João Eudes. Além disso, da tradição comunitária da CJM incluindo as duas Congregações fundadas por Eudes e aquelas que contam com sua benção e inspiração espiritual. A continuação algumas delas: 

AS IRMÃS DE NOSSA SENHORA DA CARIDADE

http://portal.cjm.org:8089/images/charrity.JPG

O Instituto das Irmãs de nossa Senhora da Caridade foi fundado por São João Eudes em 1641 em Caen, na França. Seu apostolado principalmente focou-se em trabalhar para “aquelas mulheres que precisam”: uma assessoria, serviço nas paroquias, conselheira às adolescentes com problemas, creches para as crianças e centros de acolhida para adultos, reabilitação e cuidados e enfermeira às pessoas com doenças várias e idosas com múltiplas problemáticas, pacientes de HIV e práticas pedagógicas em escolas voltadas para o ensino religioso.

IRMÃS DO BOM PASTOR

http://portal.cjm.org:8089/images/Dibujo.JPG

A congregação de Nossa Senhora da Caridade do Bom Pastor é um instituto religioso apostólico internacional de direito pontifício. Como religiosas chamadas a uma missão de reconciliação expressaram nosso carisma do amor misericordioso mediante de uma vida contemplativa. (Constituições Art. 1).

A congregação de Nossa Senhora da Caridade do Bom Pastor, está composta por quase 3,625 Irmãs presentes em 72 países nos cinco continentes. Também é reconhecida como uma ONG com o respetivo cadastro consultivo antes o Conselho Econômico e Social (ECOSOC), das Nações Unidas. Cada vez são mais leigos comprometidos que iniciam a caminhada conosco, mesmo como Colaboradores, Amigos, Voluntários, Financiadores ou até Leigos Associados do Bom Pastor.

http://www.buonpastoreint.org


IRMÃZINHAS DOS POBRES

http://portal.cjm.org:8089/images/hermanitas%20de%20los%20pobres.jpeg

A Congregação das Irmãzinhas dos pobres foi fundada no ano de 1839 por Joana Juagan e se especializaram no serviço dos idosos pobres e o seu serviço está localizado em 32 países dos cinco continentes. Tal foi o projeto de nossa fundadora, Santa Joana Jugan que hoje depois de 170 anos, esta obra de Deus continua em 196 casas, 30 delas localizadas em Espanha e atualmente as Irmãzinhas nos esforçamos em cuidar os anciãos, gerando um trabalho baseado na humildade conservando a viva herança que a Santa Joana nos legou e continuando com a maior caridade possível, atualizando sua missão pelo mundo todo. 


A canonização de nossa fundadora o passado 11 de outubro em Roma foi um fortíssimo estímulo para seguir e desenvolver sua obra. Com muita alegria queremos compartilhar este importante acontecimento.

http://www.littlesistersofthepoor.org 


www.hermanitasdelospobres.org

 

SERVIDORAS EUDISTAS DA DECIMA PRIMEIRA HORA (EUDIST SERVANTS OF THE ELEVENTH HOUR)

http://portal.cjm.org:8089/images/onceava%20hora%20de%20los%20eudistas.jpegAs Irmãs Eudistas da “Décima Primeira Hora” é um pequeno ramal que nasceu da árvore que leva 400 anos de crescimento na família de São João Eudes. Trata-se de uma associação de fieis cujos membros são Irmãs, mulheres maduras que amam a Jesus e desejam seguir os conselhos evangélicos servindo aos pobres e aquelas pessoas carentes do mundo todo. A “Décima Primeira Hora” refere-se à Escritura que fala do Jesus chama ao último discípulo, significando com isto que a comunidade é para as mulheres que estão na faixa etária dos quarenta e cinco e setenta e cinco anos até. A missão da comunidade é atender aos pobres e carentes, levar o amor de Jesus Cristo ensinado as grandes verdades do evangelho. Para conseguir isto, os membros devem suportar em seus corações e em suas vidas, a dor dos pobres, os presidiários, os doentes, os excluídos, os esquecidos e as crianças de Deus abandonadas. Os membros das comunidades operam com a permissão respetiva do Bispo local, por exemplo, em vários países como México e os Estados Unidos, se oferecem uma grande variedade de serviços. A Madre Antônia Brenner é a fundadora e atual superiora da comunidade das Servas. Esta comunidade atende aos presidiários e aos guardas de um cárcere em Tijuana, no México. Outro grupo de Irmãs trabalha junto com ela em Tijuana. Por exemplo, a Irmã Kathleen tem seu ministério em Baton Rouge e Lafayette, a Irmã Lousiana como capelão do presidio e a Irmã Lillian, atende anciãos em Texas, local no qual nasceu.


As Freiras tem seu centro de ministerial numa Casa de Campos de São Miguel, localizado bem perto do cárcere da mesa, tão só a três quilômetros. A casa é um refugio para as mulheres que saem do presidio, para aquelas que visitam seus familiares retenidos na prisão, mas também para as mulheres e as crianças que tem chegado a Tijuana para receber o tratamento para diminuir o cancere nos seus corpos. As Irmãs também têm um convento muito próximo chamado Coração de Maria, que é a sede da Comunidade e também é uma residência para algumas Irmãs de Tijuana. A casa “Coração de Maria” emprega-se também como um centro para a formação da comunidade. Contudo, outras Irmãs e associadas moram nos Estados Unidos e viajam diariamente até Tijuana com a finalidade de visitar hospitais da zona e motivar seus pacientes e a suas famílias.

As freias são autossuficientes, tanto economicamente quanto nos seus serviços de saúde. Os votos se dão por um período de um ano e posteriormente se renovam anualmente se forem consideradas pertinentes para as duas partes.

Fonte: http://www.eudistservants.org/


O INSTITUTO SECULAR DAS FIEIS SERVAS DE JESUS

O Senhor te convida para que participes de uma nova opção vocacional, A CONSAGRAÇÃO A DEUS NO MUNDO, sem largar mão da tua família e do teu trabalho!

Quem somos nós?


O Instituto fundou-se em Bogotá, na Colômbia em março de 1941 com reconhecimento do Direito Pontifício desde 1968. Nasceu graças à inquietude de uma jovem bogotana, a Mercedes Ricaurte, dirigente da Ação Católica Feminina, apoiada pelo sacerdote Eudista francês André Basset, quem imprimiu-lhe esta espiritualidade. Tem se espalhado por todo o território nacional Colombiano e por algumas cidades no Chile, Equador e Venezuela.

Esta espiritualidade se baseia em:

A total consagração da vida segundo os conselhos evangélicos. A total entrega a Cristo e a obra da sua Igreja. A presença no mundo para um apostolado eficaz.

Como está organizado o Instituto?

O Instituto está conformado em três ramais

  1. As Consagradas 


Célebes ou viúvas. Elas com liberdade pessoal renunciam ao matrimonio pelo Reino dos Céus.2

      2. As Cooperadoras 


São as Senhoras casadas ou viúvas. Associam-se ao Instituto mediante as promessas de castidade, segundo seu estado, pobreza, obediência e apostolado.

      3. Matrimonios em serviço

São cassais unidas pelo sacramento do matrimonio. Associam-se mediante as promessas de castidade conjugal, pobreza e obediência.

 

Tradução C. I. Rochereau