Os Eudistas acompanham pastoralmente os doentes visitando-os até suas casas, clínicas e nos hospitais promovendo este serviço nos leigos, através da pastoral paroquial baseados nos planos de todas as dioceses.

Por outro lado, segundo o jeito de nosso fundador que acolhia e ajudava àqueles doentes por causa da peste da época. Assim nós os Eudistas têm centro onde acolhemos as pessoas afeitadas por várias e graves doenças mortais, tais como o VHI-Sida sendo eles acolhidos na fundação Eudes na Colômbia. Os sacerdotes, seminaristas e leigos que fazem parte de nossa Congregação, vinculando-se nesta importante tarefa misericordiosa de assistir espiritualmente às pessoas que possuem estas doenças. Paralelamente da dimensão espiritual, contamos com centros fixos de móveis de atenção, proporcionando alguns serviços médicos básicos a todos aqueles que não têm como pagá-los.

http://portal.cjm.org:8089/images/enfermos1.jpeg
Junto a esta importante tarefa nós contamos com um grupo de voluntários que na sua grande maioria são professionais da saúde, que tem se vinculado através das nossas jornadas ou brigadas de saúde localizadas em setores marginalizados de alguns países, oferecendo atenção médica geral, odontologia, atenção psicológica, etc., brindando assim uma atenção aos homens, mulheres, crianças, jovens e anciãos que sofrem.

Talvez nós pudéssemos lograr que a misericórdia e a caridade tivessem maior cobertura, mas infelizmente nossos recursos são limitados e as necessidades vão a aumento. Precisamos pessoas generosas que desejem e possam nos ajudar, se vinculando como voluntário ou investindo recursos econômicos neste apostolado. Esta aqui é uma de muitas maneiras de apresentar ao mundo sofrido, o rosto do amor misericordioso de Deus.

 

Para vincular-se em nossos projetos, clique aqui...

 

Tradução C. I. Rochereau