Com uma concelebração presidida pelo padre Luís Gabriel Mendoza, pároco de São João Eudes, auxiliado pelos sacerdotes Juan Carlos e Pedro, pároco de Nossa Senhora Mãe dos Pobres, foram abertos, ontem, à noite, os festejos em homenagem à Nossa Senhora Aparecida, como parte das comemorações do seu encontro há 300 anos no Rio Paraíba do Sul, em São Paulo, pelos pescadores Domingos Martins Garcia, João Alves e Filipe Pedroso. Tema da festa: “Meu espírito exulta de alegria” (Lucas 1, 46-47).

Cerca de uma centena de pessoas da 3ª idade participou de uma ação social em prol dos idosos e enfermos, promovida pela Paróquia São João Eudes, na Capela Santa Luzia, no bairro Jardim das Oliveiras.

Atendendo ao apelo da CNBB, a Paróquia São João Eudes realizou nesta tarde, na Capela Menino Deus (Matriz) um momento de oração e súplica diante de Jesus Sacramentado por causa da difícil situação de corrupção, roubos, insegurança e violência que atravessa nosso país.

O padre Serge Kabamalan, cjm, foi nomeado como o novo Superior Local dos Eudistas nas Filipinas. O padre Serge é o primeiro eudista asiático e filipino.

Já em louvor a Deus pelo ano Jubilar do Encontro da Imagem de Nossa Mãe Aparecida, a partir do próximo dia 12 de julho, todas as Missas do dia 12 de cada mês até 12 de outubro serão festivas!

Na ocasião da festa de seu fundador, os Eudistas se reuniram, no sábado 19 de agosto, em Douvres – la – Délivrande (Calvados), pelo motivo da festa da coroação da Virgem Negra.

Este Santo Normando do século XVII, é uma das grandes figuras da Escola Francesa de Espiritualidade, poderia algum dia ser “Doutor da Igreja”.

As festas da coroação da Virgem Negra são um acontecimento tradicional grande em Douvres – la – Délivrande (Calvados): cada ano, desde a conclusão da Basílica, em 1852, a

Foi iniciada nesta manhã, com uma procissão, que teve a participação de representações de todos os grupos, pastorais e movimentos, e Missa, às 8 horas, celebrada pelo padre Luís Gabriel, na Capela de Santa Luzia, no bairro Jardim das Oliveiras, a acolhida da Imagem de Nossa Senhora Aparecida pela Paróquia São João Eudes, em comemoração aos 300 anos de seu encontro no Rio Paraíba do Sul, em São Paulo.

Desde que a Santa Sé anunciou a visita do Papa Francisco a Colômbia, os herdeiros de São João Eudes colaboraram "juntos para a missão".

Com a Igreja Matriz Menino Deus tomada pelos paroquianos ficaram encerrados, na noite passada, os festejos em honra a São João Eudes, cujo dia foi comemorado ontem, com a procissão, a reza do terço e missa concelebrada, tendo como presidente dom José Antonio Aparecido Tosi Marques, arcebispo de Fortaleza, auxiliado pelos padres Luís Gabriel Mendoza (pároco), Juan Carlos (vigário), Johnja Lopez, Cristiano, da Diocese de Limoeiro do Norte, servindo na Paróquia de Aracati, e Davi, pertencente aos Arautos do Evangelho, e o monsenhor Ildefonso, colaborador da Paróquia.