Segundo as necessidades das Igrejas locais, nós os Eudistas colaboramos na formação dos leigos orientados às tarefas apostólicas específicas (Cf. Const.33).

A formação dos leigos bons obreiros do Evangelho, nós motivam na procura dos programas especiais com o objetivo de lhes oferecer uma formação de qualidade que desenvolva as competências necessárias da sua Igreja, segundo a sua identidades e as necessidades diocesanas e paroquiais.
http://portal.cjm.org:8089/images/retiroeudiste.jpg
Na atualidade eclesiástica, quando se impulsa a identidade e a missão dos leigos , nós os Eudistas temos apropriado esta energia deles como a nossa e, além disso, temos criado espaços para eles. Disponhamos atualmente com centros de formação, escolas de formação e evangelização, universidades e algumas outras casas onde se realizem este processo, mediante programas presenciais ou virtuais, desde a experiência pessoal e a Palavra de Deus, empregando para isto, minicursos e oficinas presenciais e virtuais, para acrescentar o conhecimento bíblico, da espiritualidade Eudista, a teologia a liturgia, o trabalho pastoral e missionário, etc.

Nós temos oferecido a nossa comunidade eclesiástica, uma promoção de bons obreiros do Evangelho qualificados para desenvolver seu serviço pastoral nas comunidades cristãs, para tornarem-se formadores leigos de outros leigos e liderar os processos de transformação social nos contextos onde estes se desenvolvem.

 

Tradução C. I. Rochereau