O nosso fundador São João Eudes dispus num tempo denominado a “aprovação”, que consiste em mínimos quatro anos de formação no interior das comunidades locais ou casas de formação, depois deste empo consideram-se o ingresso definitivo do candidato à Congregação mediante o fato da incorporação.

 

 

 

 

 Tradução C. I. Rochereau